FUNDEC IRÁ PROMOVER INCLUSÃO POR MEIO DA TECNOLOGIA

04/05/2020

Dentre os 26 centros de ensino espalhados pelos quatro distritos do município, a Fundec possui o Polo de Inclusão e Trabalho, voltado às pessoas com deficiência.
Fazem parte desse projeto 589 alunos, que desde o início da quarentena estão afastados das suas atividades.

A Fundação, através da coordenadoria do Polo, irá publicar, em parceria com Coordenadoria de Comunicação da Fundec, videoaulas como uma maneira de minimizar os impactos sofridos por esses alunos com o distanciamento de suas ocupações. Os conteúdos serão disponibilizados toda terça e quinta-feira, às 9h, no Facebook (Facebook.com/Fundec) e no Instagram (@Fundec25) da Fundec, a princípio durante o mês de maio. A primeira aula estará disponível já nesta terça-feira (5) com a professora Dejane Ferreira cujo tema abordado será Alongamento e Estafetas de lateralidade.

Todo material estará disponível nas nossas plataformas digitais a fim de que os alunos, e os que não fazem parte do projeto, tenham acesso aos conteúdos.

A coordenadora do Polo de Inclusão, Adriana Bessa, diz acreditar que a produção desses conteúdos irá potencializar o desenvolvimento desses alunos, que receberão esses materiais em uma plataforma totalmente diferente das que eles estão acostumados. "Muitos deles têm acesso à Internet, mas vai ser a primeira vez que eles vão receber conteúdos online, que se tornou essencial durante essa pandemia", reiterou a coordenadora.

O diretor de Educação da Fundec, Márcio Coutinho, contou da importância dessa iniciativa que irá contemplar os alunos do Polo de Inclusão. Márcio também comentou que é fundamental a utilização da tecnologia como aliada a fim de suavizar o impacto do isolamento social nos alunos da Fundação.

"O objetivo é utilizar as plataformas digitais para desenvolver a autonomia dessas pessoas que irão receber os materiais", completou o diretor.