FUNDEC JÁ PRODUZIU E ENTREGOU MAIS DE 17 MIL MÁSCARAS À POPULAÇÃO DE DUQUE DE CAXIAS

13/05/2020

A Prefeitura de Duque de Caxias foi uma das cidades pioneiras ao estabelecer como obrigatório o uso da máscara facial em locais públicos, através do Decreto Municipal n° 7562, assinado pelo Prefeito Washington Reis.

Sendo assim, a Fundec decidiu produzir e distribuir máscaras de proteção. A produção ocorre diariamente em uma das unidades da Fundação, localizada no Gramacho, onde cerca de dez voluntários, entre professores, alunos e funcionários, participam dos processos de costura e finalização desses equipamentos.

Atuando desde o início da corrente solidária, a Assistente Patrimonial, Andréia Marssau, contou que é gratificante participar desse ato humanitário, que tem salvado diversas vidas em Duque de Caxias. "Fazer parte disso é um ato de solidariedade e amor ao próximo", reiterou Andréia.

O segundo processo, o de distribuição, teve dois focos: os servidores municipais, que continuaram trabalhando, pois prestam serviços essenciais à população da cidade, e as pessoas que, em busca do auxílio emergencial, se aglomeravam em filas das agências bancárias da Caixa Econômica Federal. As entregas ocorreram em agências dos quatro distritos de Duque de Caxias.

O coordenador de manutenção da Fundec, Henrique Carracena, faz parte do grupo de funcionários que entregam as máscaras aos cidadãos e diz acreditar que a iniciativa da Fundação é muito louvável, porque, segundo ele, as pessoas precisam estar conectadas se quiserem vencer essa batalha.
“Com essas ações, a ideia é minimizar o máximo que pudermos o contágio entre as pessoas, pois sabemos o quão rápido o vírus pode avançar”, completou o coordenador.

O Presidente da Fundec, Professor Joilson Cardoso, disse que quando a Fundação começou o processo de doação das máscaras, poucas pessoas utilizavam o equipamento de proteção e a medida em que as entregas foram aumentando, os cidadãos ficaram mais conscientes da importância do uso da máscara.

"Quem usa a máscara, está protegendo a si mesmo e ao próximo. Nesse momento precisamos estar unidos nessa corrente solidária para salvarmos vidas", complementou o Presidente.